segunda-feira, 29 de novembro de 2010

TRAGÉDIA: Jogador é assassinado e desmembrado, após suposta traição

O futebol voltou a ser palco de uma tragédia, neste domingo. O corpo do jogador Carlos Mercedes Vásquez, do Deportivo Malacateco, da primeira divisão da Guatemala, foi encontrado na cidade de Malacatán, na fronteira com o México. As primeiras informações são de que o jogador foi sequestrado e assassinado.

A morte do atleta chocou o país, sobretudo pela maneira como aconteceu. O corpo foi desmembrado, dividido em cinco sacos plásticos e deixado sobre uma ponte. Juntamente com os restos mortais estava uma mensagem com os dizeres: “por meterse con la mujer de outro” (por se meter com a mulher dos outros).

Vásquez, que tinha apenas 27 anos, foi raptado quando saída de um hotel, onde sua equipe estava concentrada, na última sexta-feira. Ele estava com alguns companheiros, que voltaram ilesos. Apesar do sequestro, os criminosos não chegaram a comunicar a família, o que reforça a suspeita de execução premeditada.

As autoridades da Guatemala evitam dar mais detalhes sobre a investigação. No entanto, o próprio presidente da Federação Nacional de Futebol da Guatemala, Brayan Jiménezez, revelou a descoberta do cadáver de Vásquez e classificou o fato como “lamentável”.

Apesar disso, a rodada do Campeonato Guatemalteco não foi cancelada. Depois de um minuto de silêncio em respeito à morte do jogador, o Malacateco bateu o Suchitepéquez, por 1 a 0.
Agência Futebol Interior
Foto: ElQuetzalteco.com.gt

2 comentários:

  1. O cérebro é uma coisa maravilhosa. Todos deveriam ter um!!!

    ResponderExcluir
  2. Marivan é um ato de crueldade!
    Abraços
    Roberto

    ResponderExcluir

Obrigado!Volte Sempre