domingo, 8 de novembro de 2009

Liverpool espera vender nome de estádio para financiar obra

Naming rights é o direito de dar nome a um empreendimento ou espaço físico mediante acordo comercial. É, também, a grande esperança do Liverpool para a construção de um novo estádio, substituindo o antigo Anfield. De acordo com o jornal britânico The Sunday Times, essa é a expectativa de Tom Hicks e George Gillet, donos dos Reds.
A venda do nome da futura casa do Liverpool deve render 220 milhões de euros (R$ 561,5 milhões), o que seria suficiente para fazer a obra, já que o clube passa por problemas financeiros. Também por isso, o início da construção ainda não tem data definida para começar.
Vender os direitos de nome, na Inglaterra, tem se tornado prática muito comum. Em 2006, o Arsenal fechou contrato com a Emirates, companhia aérea que desembolsou 100 milhões de euros (R$ 255,2 milhões) para nomear sua recém construída arena. Na última semana, o Chelsea anunciou a intenção de vender os direitos sobre o Stamford Bridge.
No Brasil, o caso mais recente é o do Atlético-PR, que fechou contrato com a Kyocera. Entre 2005 e 2008, a Arena da Baixada ganhou o nome da empresa. Na última temporada, no entanto, o contrato não foi renovado.
Gazeta Press

Um comentário:

  1. já estás indicado no meu blog,
    http://row51.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigado!Volte Sempre