terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Polícia mexicana identifica agressor de Cabañas

O estado do paraguaio Salvador Cabañas, baleado na cabeça nesta segunda-feira, ainda é grave. A polícia ainda investiga o caso, mas ainda não tem informações sobre como aconteceu o incidente. De acordo com a esposa do jogador, ele foi vítima de um assalto, e foi baleado no banheiro de um bar na Cidade do México.
O procurador do distrito da Cidade do México, Miguel Mancera, anunciou nesta terça-feira que o agressor foi identificado: José J. Balderas Garza, frequentador do bar, que sempre se apresentava como empresário, e está sendo procurado pela polícia local.
Mancera ainda levantou a hipótese de que o caso tenha sido um "crime passional", devido à presença de uma mulher no local.
Cabañas foi operado na segunda-feira, para a retirada de um coágulo e pedaços de ossos do crânio. A bala, porém, continua alojada em seu cérebro, mantendo o jogador em situação instável e correndo risco de morte.
Dois suspeitos de envolvimento no caso foram presos pela polícia mexicana, após análise de imagens das câmeras do local.
Cabañas, de 29 anos, é titular da seleção do Paraguai que vai à Copa do Mundo da África do Sul. O jogador do América, do México, já marcou 18 vezes em 24 partidas na atual temporada. Pela seleção, foram 10 gols em 44 jogos.
Trivela.com

2 comentários:

  1. Ainda bem que já encontram o suspeito.

    ResponderExcluir
  2. Concentrado foi preso o suspeito e a mulher envolvida na confusão

    ResponderExcluir

Obrigado!Volte Sempre