segunda-feira, 28 de março de 2011

Torcedores entram com caixão e corpo de amigo no estádio

Christopher Jácome, de apenas 17 anos, foi morto enquanto jogava futebol no último sábado em mais um caso de violência na Colômbia. No entanto, isto não o impediu de comparecer ao jogo do Cúcuta na tarde de domingo.

Isto porque integrantes da "Barra del Indio" do Cúcuta, torcida organizada da qual Christopher fazia parte, levaram o caixão com o corpo do rapaz ao Estádio General Santander na partida contra o Envigado. Dentro de campo, empate em 1 a 1 pelo Campeonato Colombiano.

De acordo com a polícia local, os torcedores, apresentando sinais de embriaguez, invadiram o velório na casa de Christopher e obtiveram autorização da família para levá-lo ao jogo do Cúcuta pela última vez.

- Quando abriram os portões, um grupo de 200 a 300 pessoas se lançaram em direção ao estádio e a situação tornou-se incontrolável - tentou explicar o Coronel Álvaro Pico, comandante da polícia de Cúcuta.

Um agravante: nem os barra-bravas vivos tinham permissão para entrar no General Santander, já que a facção é constantemente envolvida em episódios de violência.

O Coronel Pico informou que se reunirá com outras autoridades responsáveis pela segurança no estádio para descobrir quem permitiu a entrada do caixão e adiantou que alguns dos indivíduos que carregavam o corpo sem vida de Christopher já foram identificados.
LANCEPRESS!
Foto: EFE

2 comentários:

  1. Isso também aconteceu na segunda divisão da Argentina!

    ResponderExcluir
  2. Não sabia, mais é um fato bastante curioso.
    Abraços
    Roberto

    ResponderExcluir

Obrigado!Volte Sempre